Projeto Verão 2014

4 de mar de 2013

Financiando seus projetos 1a parte - Crowdfunding


Corbis Imagem

Você já deve ter pensado alguma vez: Tenho uma excelente ideia ou um projeto, mas onde vou conseguir dinheiro para realizá-la se não tenho crédito no banco e nenhum investidor conhecido interessado ?

De uns anos pra cá, após a grande bolha de internet ocorrida nos anos 2000, foi necessário reinventar modelos de negócio baseados na grande rede, pois apenas prover serviços de hospedagem, e-mail e comunicação passou a não ser mais suficiente.

Foi dessa necessidade que começaram a surgir modelos que visam integrar empresas a empresas ou até empresas a consumidores (B2B ou B2C).

Com isso, surgiu o Crowdfunding. que segundo a Wikipedia é: " ... Financiamento coletivo ou Financiamento colaborativoé a obtenção de capital para iniciativas de interesse coletivo através da agregação de múltiplas fontes de financiamento, em geral pessoas físicas interessadas na iniciativa. O termo é muitas vezes usado para descrever especificamente ações na Internet com o objetivo de arrecadar dinheiro para artistas, jornalismo cidadão, pequenos negócios e start-upscampanhas políticas, iniciativas de software livrefilantropia e ajuda a regiões atingidas por desastres, entre outros".

Desse conceito de financiamento coletivo, alguns sites se desenvolveram para unir investidores (aqueles que tem algum capital a investir que não necessariamente seja uma grande fortuna) a tomadores de recursos (pessoas com ideias mas sem capital).

Uma característica bastante interessante desse modelo é que geralmente os investidores são premiados pelos seus investimentos na medida do que investiram e não necessariamente em dinheiro, mas sim em algo de valor ligado ao objetivo do financiamento. Por exemplo: digamos que você colabore com um projeto de um livro de fotos raras de construções antigas, uma recompensa poderia ser o recebimento de algumas fotos não publicadas no livro e de exclusividade apenas os investidores.

Não é interessante?

No Brasil existem alguns desses sites:

- Catarse - Hoje conta com mais de 130mil usuários, 70 mil apoiadores e 450 projetos bem sucedidos. No Cartarse o projeto que é postado passa por uma equipe que vai ajudar a melhorar a descrição do projeto no intuito de dar mais chance do mesmo obter o financiamento.

- Socialgoodbrasil - Segundo o site "O Programa Social Good Brasil possui  três objetivos principais: disseminar o uso das tecnologias para a mudança social; identificar e apoiar experiências inovadoras e oferecer ferramentas e capacitações para iniciativas na área". Através do programa é possível obter o apoio necessário e a parceria para melhorar e difundir o projeto ou iniciativa.

- benfeitoria.com - O mais interessante desse site é que ele não cobra comissão disponibilizando toda a plataforma para que os empreendedores possam colocar suas ideias e os financiadores participarem.

- Juntos.com.vc - Este site tem o foco em projetos do terceiro setor. Une as organizações aos doadores em um trabalho de apoio e visita.

Então, está com aquela ideia guardada e não tem onde obter um financiamento? Mãos a obra ...

======================== //  English// =========================

You've probably ever thought: I have a great idea or a project, but where will I get money to do it if you do not have credit in the bank and no known investor interested?

A few years back here after the great Internet bubble that occurred in the 2000s, it was necessary to reinvent business models based on large network, because only provide hosting services, e-mail communication and now no longer enough.

It was this need that began to surface models for integrating business to business and bussiness to consumer (B2B or B2C).

With that came the Crowdfunding. According to Wikipedia is: "describes the collective effort of individuals who network and pool their money, usually via the Internet, to support efforts initiated by other people or organizations. Crowdfunding is used in support of a wide variety of activities, including disaster relief, citizen journalism, support of artists by fans, political campaigns, startup company funding, motion picture promotion, free software development, inventions development, scientific research, and civic projects".

This concept of collective funding, some sites have developed to unite investors (those who have some capital to invest is not necessarily a great fortune) to borrowers (people with ideas but no capital).

A very interesting feature of this model is that investors are generally rewarded for their investments to the extent that invested and not necessarily in money, but in something of value attached to the goal of funding. For example: say you work with a project from a book of rare photos of old buildings, a reward could be receiving some photos not published in the book and exclusive only investors.

Is not it interesting?

In Brazil there are some of these sites:

- Catarse Today has over 130mil users, 70 000 supporters and 450 successful projects. In Cartarse the project that is posted is by a team that will help improve the description of the project in order to give more chance to get the same funding.

- SocialgoodbrasilAccording to the website "The Social Good Brazil Program has three main objectives: to spread the use of technology for social change; identify and support innovative experiences and offer tools and training initiatives for the area." Through the program you can get the necessary support and partnership to improve and disseminate the project or initiative.

- benfeitoria.comThe most interesting of this site is that it does not charge commission providing any platform for entrepreneurs to put their ideas and participating lenders.

- Juntos.com.vc -This site has a focus on projects in the third sector. Une organizations to donors in support work and visit.

So with that idea is guarded and has no where to get funding? Hands on ...



Nenhum comentário:

Postar um comentário